Mestrado em Engenharia Informática *** NOVO ***

Objetivos

O Curso de Mestrado em Engenharia Informática visa proporcionar uma formação avançada nas áreas das tecnologias de informação e da comunicação, com o objectivo de satisfazer quer as necessidades profissionais de especialização, quer as necessidades académicas de formação de docentes e investigadores.

Perfil de Entrada e Condições de Acesso

O Mestrado em Engenharia Informática tem por destinatários preferenciais os licenciados cuja atividade profissional se desenvolve nas áreas das tecnologias de informação e da comunicação, nomeadamente Informática de Gestão, Engenharia de Sistemas e Informática, Engenharia Informática, Engenharia Eletrotécnica e Eletrónica, Engenharia Eletrónica Industrial, Matemática e Ciências da Computação, Matemática Aplicada, entre outras.

Serão admitidos à matrícula no curso de Mestrado em Engenharia Informática, os cidadãos nacionais e estrangeiros que reúnam as condições constantes na Lei de Bases do Sistema Educativo (Lei n.º 54/VII/2010, publicada no Boletim Oficial n.º 17, I Série, de 07/05/10) e com base no Decreto-Lei nº 17/2007 que aprova o Estatuto do Ensino Superior Particular e Cooperativo.

De acordo com a estrutura curricular e com as condições das instalações físicas da Universidade do Mindelo, o número mínimo de candidatos a admitir é de 15 (quinze) e o máximo de 30 (trinta).

Em caso de necessidade serão observados os seguintes critérios de seleção:

  • Classificação final da Licenciatura;
  • Mérito da informação curricular e científica;
  • Entrevistas/provas de seleção.

Para os casos não previstos, a admissão será da responsabilidade do Conselho Científico da Universidade do Mindelo.

Perfil de Saída

O curso visa essencialmente habilitar os futuros mestres com um nível superior de preparação nas áreas das tecnologias de informação e comunicação, nomeadamente Informática de Gestão, Engenharia de Sistemas e Informática, Engenharia Informática, Matemática e Ciências de Computação e outras áreas afins e ainda, prepará-los para a prática autónoma de investigação e docência.

O profissional adquirirá maior capacidade de autonomia científica e de responsabilidade por projetos, e o docente do ensino universitário obterá a maturidade científica necessária as suas atividades de docência e de investigação, assim como ao prosseguimento para o doutoramento.

Carreiras Profissionais 

  • Desenvolvimento de sistemas e aplicações
  • Assessoria
  • Consultoria e Auditoria
  • Business Developer (Inovação e Empresário)
  • Arquitetura e conceção de sistemas de informação
  • Instalação, configuração e administração de redes e serviços
  • Gestor de Sistemas de Informação
  • Docente / Investigador.

Plano de Estudos

O Plano de Estudo está distribuído por 4 (quatro) semestres. Os 2 (dois) primeiros semestres incluem um conjunto de 5 (cinco) unidades curriculares cada, de frequência obrigatória e corresponde a parte letiva do curso. O terceiro e quarto semestres são para elaboração orientada da dissertação final.

O quadro seguinte indica as unidades curriculares e as respetivas ECTS, bem como as horas de trabalho.

1º Ano

  • Engenharia de Software
  • Aprendizagem Automática e Mineração de Dados
  • Tecnologias Multimédia
  • Computação Orientada aos Serviços
  • Planeamento e Gestão de Redes
  • Tecnologias Cloud e Data Center
  • Gestão de Sistemas e Tecnologias de Informação
  • Complementos de Inteligência Artificial
  • Segurança em Redes e Sistemas de Informação
  • Tecnologias de Base de Dados

2º Ano

Preparação, Realização e Discussão da Dissertação;
Projeto ou Estágio Profissional